O ato de beber água torna uma pessoa mais produtiva em qualquer tarefa que realizar. Sendo a sede um dos principais sintomas de desidratação, por menor que seja o desejo por líquido, vasos sanguíneos no cérebro podem se romper, reduzindo o desempenho cognitivo em áreas como memória de curto prazo, atenção e tempo de reação. “A principal função dos rins é drenar os líquidos ingeridos, ou seja, fazer uma filtragem descartando de resíduos tóxicos ao organismo. Além disso, os rins são os responsáveis por regular a pressão sanguínea e também manter o balanço químico do corpo”, declara a nutricionista Michelle Fernandes .

Beber água, no mínimo, cinco vezes ao dia diminui as chances de sofrer um ataque cardíaco, fazendo o sangue fluir com mais facilidade, diminuindo as chances de infarto e derrame. O fisioterapeuta Heber do Ouro explica que o corpo é composto por, no mínimo, 65% de água e a hidratação é essencial para que haja um bom desenvolvimento no trabalho ou esporte. Além disso, a água é fundamental para o tratamento de problemas renais.“Lembrando que suco, chá, refrigerante, qualquer tipo de líquido não substitui a água de forma alguma”, diz Heber.

Fonte da juventude

Beber água entre as refeições é um hábito infalível para as pessoas que desejam emagrecer. Seu consumo induz a sensação de mais saciedade, além de auxiliar no processo de digestão e prisão de ventre. Para os problemas renais, a nutricionista explica que a melhor forma de preservação dos rins é consumindo uma quantidade de água necessária por pessoa durante o dia – a qual vária entre um litro e oitocentos e cinco litros – mantendo a ingestão de nutrientes adequados, evitando o consumo excessivo de sal, gorduras, refrigerantes e açúcares.

Água é fonte da juventude, essencial para a boa aparência. Beber água mantém a pele saudável, filtrando as toxinas, combatendo acnes, celulites e estrias. É uma forte aliada dos cremes hidratantes para manter a pele mais bonita, saudável e sem rugas. Os hidratantes atingem uma camada superficial da derme, enquanto a água é capaz de hidratar as camadas mais profundas, agindo contra o envelhecimento, renovando as fibras de colágeno e sustentação.

É possível notar se o corpo está hidratado, avaliando as características do cabelo e unhas. Beber água ao longo do dia evita que o organismo retenha sódio, responsável pelos inchaços. Entretanto, vale ressaltar que a desidratação pode ocasionar pela seca, lábios rachados e problemas renais.

Alimentação e os rins

Devido ao fato de o rim ser responsável por filtrar as impurezas do corpo, uma alimentação adequada com baixa ingestão de sódio, gordura e açúcares é importante. Os alimentos indicados são ricos em nutrientes, chás, frutas, verduras e principalmente água, auxiliando na eficácia de tratamentos e diminuindo os riscos de cálculos renais. “Normalmente os cálculos renais se formam exatamente por excesso de cálcio e sódio, encontrados em alimentos ultra processados, refrigerantes e embutidos, e baixa ingestão de água”, acrescenta Michelle.

O fisioterapeuta esclarece que cerca de 95% do que é eliminado na urina é água e apenas 5% são outras substâncias, entre elas, a ureia. As substâncias são descartadas pelo seu excesso no organismo ou por serem indesejadas. Para que a eliminação seja feita de forma correta, beber água é extremamente necessário. Ao praticar esportes, é costumeiro suar, o que também é uma maneira de limpar o organismo.

Portanto, para ser um melhor profissional e esportista, beba água. Evite futuros problemas renais.